oklima em verso e prosa
Contos e Versos
CapaCapa TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato
Textos

Resultado de imagem para pluma ao vento


(Imagem do Google)


LÁGRIMA

Odir Milanez
 
 Destinada ao deserto de meu peito,
uma lágrima só, somente uma,
como se fosse, ao vento rarefeito,
de um pássaro ferido frágil pluma.
 
Da minha mão na palma a pluma deito.
Volta a lágrima ser. Quem sabe, alguma
deusa do amor me assista e tente um jeito
de cuidar do meu pranto, que se esfuma?
 
Uma canção me vem na voz do vento,
canção de mar das margens satisfeito,
de prazer passional em seu momento.
 
Uma lágrima mais no rosto aceito
para senti-la pluma em movimento,
destinada ao deserto de meu peito!
 
 JPessoa/PB
04.04.2017
oklima
 
Sou somente um escriba
que escuta a voz do vento
e o versa em versos de amor...
 
Para ouvir a música, acesse:

http://www.oklima.net
 

 
oklima
Enviado por oklima em 04/04/2017

Música: Crying - Don McLean - Desconhecido

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários