oklima em verso e prosa
Contos e Versos
CapaCapa TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato
Textos

39114.jpg?1489606125



ELA
Odir Milanez
 
 
Ela, compenetrada, não me via,
apesar dos olhares frente a frente.
Falava-me calada, e não me ouvia,
seus óculos movendo, lentamente.
 
Parecendo enlutada, nela havia
uma auréola de paz, inda latente,
derivada da tarde, que chovia,
semelhando sorrir choro de gente.
 
Em silêncios seguidos, nos velamos.
Desconhecendo a causa de seu siso,
pensei em perguntar. Não perguntamos.
 
Porém, o meu querer foi decisivo.
Louvei ao luto o quanto nos amamos,
e ela sorriu-me o mais lindo sorriso!
 
 
JPessoa/PB
17.03.2017
oklima
 
Sou somente um escriba
que escuta a voz do vento
e o versa em versos de amor...
 
 
Para ouvir a música, acesse:
 

http://www.oklima.net

 
oklima
Enviado por oklima em 17/03/2017

Música: DIO COME TI AMO - Desconhecido

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários