oklima em verso e prosa
Contos e Versos
CapaCapa TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato
Textos

Imagem relacionada

(Imagem do Google)



COMO UM RIO QUE PASSA...
Odir Milanez
 
 
Olho o rio que passa frente a mim.
Por que, com tanta pressa, passa o rio?
Por que correr, nas curvas, tanto assim?
Quem dessa pressa fez-lhe o desafio?
 
Talvez esteja doutro rio afim,
ou temendo da tarde o vento frio...
Sigo o rio seguindo para o fim,
rendendo-se à represa, no baixio.
 
Como um rio que passa, meus amores
também passaram, lépidos, risonhos,
vazando vãos, forçando o fim das flores.
 
Para depois, lodosos e tardonhos,
desaguarem seus últimos odores
no estuário estanque dos meus sonhos!...
 
 JPessoa/PB
23.02.2017
oklima
 
Sou somente um escriba
que escuta a voz do vento
e o versa em versos de amor...
 
Para ouvir a música, acesse:

http://www.oklima.net
 

 
oklima
Enviado por oklima em 23/02/2017

Música: Miltinho Baden Powell - Eu e o Rio - Desconhecido

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários