oklima em verso e prosa
Contos e Versos
CapaCapa TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato
Textos

Resultado de imagem para YSOLDA CABRAL

(Imagem do Google)


CANTIGAS AO VENTO
Odir Milanez
 
 Atempo o pranto e canto, a tempo tanto,
e a quanto intento o vento, atento, assiste,
que sem querer me ver versando triste,
decanta antigo canto de acalanto.
 
E se vai nas quebradas com o quebranto
que me arrasa. E o arrasta. e não desiste
em me fazer feliz, pois logo insiste
em voltar precantando um novo canto.
 
Ah, vento, além do alento que me fazes,
por tudo quanto é santo, de onde trazes
do beijo que não dei sonhado gosto?
 
Se me vens da lonjura onde ela mora,
volta voando e vê se a beija, agora,
nas coradas covinhas de seu rosto!
 
JPessoa/PB
22.10.2016
oklima
 
Sou somente um escriba
que escuta a voz do vento
e o versa em versos de amor...
 
odirmilanez.blogspot.com
 
Para ouvir a música, acesse:

http://www.oklima.net


 
oklima
Enviado por oklima em 22/10/2016

Música: Kansas - Dust In The Wind - Desconhecido

Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários