oklima em verso e prosa
Contos e Versos
CapaCapa TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato
Textos

Resultado de imagem para CHEIRO DE SAUDADE

(Imagem do Google)


INCENSOS DE SAUDADE

Odir Milanez
 
 Eu hoje venho incensos de saudade
de meu amor sequer acontecido.
Eu venho amante, embora sem ter sido,
após sequentes surtos de vontade.
 
Venho preso, apesar da liberdade,
às sensações de um sonho descabido,
num soneto insensato, sem sentido,
inseminando o inverso da verdade.
 
Venho colher a lágrima largada
sobre meu verso, verso que entristece
o sorriso da musa imaginada.
 
Eu venho triste, igual a quem padece
o esmorecer da alma apaixonada
na vigília de um vulto que anoitece...
 
 JPessoa/PB
16.10.2016
oklima
 
Sou somente um escriba
que escuta a voz do vento
e o versa em versos de amor...
 
odirmilanez.blogspot.com
 
Para ouvir a música, acesse:

http://www.oklima.net
 

 
oklima
Enviado por oklima em 16/10/2016

Música: Jessé - Porto Solidão - Jessé

Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários