oklima em verso e prosa
Contos e Versos
CapaCapa TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato
Textos

Resultado de imagem para VOO CEGO

(Imagem do Google)


VOO CEGO
Odir Milanez
 
 Voar, voar, voar, em voo plano,
sem ponto de partida ou de chegada,
sem me ligar a dia, mês ou ano,
o pensamento em paz,  pensando em nada...
 
É meu corpo um desnudo aeroplano
num voo cego em meio à madrugada,
navegando nubloso mar humano,
como se fora luz de alma penada.
 
Sou o condor maior das criaturas,
voando espaços vastos, giganteus,
a variar verdades e loucuras.
 
Das quimeras alcanço os apogeus,
mentalizo o mais alto das alturas,
e pouso após os céus, além de Deus!
 
 
JPessoa/PB
21.09.2016
oklima
 
Sou somente um escriba
que escuta a voz do vento
e o versa em versos à vida...
 
odirmilanez.blogspot.com

Para ouvir a musica, acesse:

http://www.oklima.net


 
oklima
Enviado por oklima em 21/09/2016

Música: Marcos Valle. Vôo Cego - Desconhecido

Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários