oklima em verso e prosa
Contos e Versos
CapaCapa TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato
Textos

2Q==


(Imagem do Google)


ADEUS, SAUDADE MINHA!
Odir Milanez da Cunha
 
 
Adeus, saudade minha, é madrugada!
Do sono superei toda barreira.
Posso te dar adeus a noite inteira,
o pensamento meu pensando em nada...
 
O vento ventaneja em voz calada.
A minha alma dorme, sem canseira.
Somente os versos meus fazem zoada,
como se fossem pingos de goteira.
 
Uma chuva miúda é companheira
da vidraça de lágrimas banhada,
onde um rio se esvai em foz ligeira.
 
Em breve o sol desponta d’alvorada
e das lembranças volta a barulheira...

Adeus, saudade minha, é madrugada!
 
 

JPessoa/PB
13.08.2016
oklima
 
 
Sou somente um escriba
que ouve a voz do vento
e a versa em versos de amor...

 
odirmilanez.blogspot.com

Para ouvir a música, acesse:

http://www.oklima.net
 

 
oklima
Enviado por oklima em 13/08/2016

Música: Marina Elali - Adeus Saudade (Ao Vivo) - Desconhecido

Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários