oklima em verso e prosa
Contos e Versos
CapaCapa TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato
Textos



(Imagem do Google)



PORTO POESIA
Odir Milanez
 
 
Perto ao Porto Poesia aborto as velas.
O mar, em movimentos adversos,
embalado nas ondas das procelas
invade-me os porões plenos de versos.
 
A quantas inspiradas caravelas,
varreram das visões ventos perversos!
Pejadas de poesias, todas elas,
quantos cantos restaram submersos!...
 
Aporto ao porto. Avanço nas valetas
vincadas por vorazes ventanias,
as câmaras, sortidas,  incompletas.
 
De poemas de amor ei-las vazias.
Passam longe, os paquetes dos poetas,
desse porto privado de poesias...
 
 

JPessoa/PB
12.08.2016
oklima
 
Sou somente um escriba
que ouve a voz do vento
e a versa em versos de amor...

 
odirmilanez.blogspot.com

Para ouvir a música, acesse:

http://www.oklima.net

 
oklima
Enviado por oklima em 12/08/2016
Alterado em 12/08/2016

Música: Jessé - Porto Solidão - Jessé

Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários