oklima em verso e prosa
Contos e Versos
CapaCapa TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato
Textos



(Imagem do Google)

Seguindo a temática do jovem poeta
SÉRGIO DOS ANJOS.



O VELÓRIO DAS VELAS
Odir Milanez
 
 
Vela a vela o velório, vendo a vida
volver às vastidões do revertério.
Vela o viço avernal do bactério
que da morte advém, logo em seguida.
 
Enquanto a vela vela, esvaecida,
do morto o emaranhado de mistério,
a luz do sol assola o cemitério,
aceirando da cera a despedida.
 
Vela a vela, em seu carme comovente,
deixando dissolver-se, lentamente,
num ricto mortífero, abissal.
 
Cravejado o caixão, ninguém pressente
que a vela morre e escorre, evanescente,
ao sepulcro, sem cruz, do castiçal!
 
 
JPessoa/PB
27.04.2016
oklima
 
 
Sou somente um escriba
que ouve a voz do vento
e a versa em versos à vida...

 
odirmilanez.blogspot.com

Para ouvir a música, acesse:

http://www.oklima.net
 
 

 
oklima
Enviado por oklima em 27/04/2016
Alterado em 27/04/2016

Música: Noturno (Chopin) - Desconhecido

Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários