oklima em verso e prosa
Contos e Versos
CapaCapa TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato
Textos



(Imagem do Google)


ATEMPORALIDADE
Odir Milanez
 
Não critiques o amor pela partida.
Não se julga o amor, não se condena.
O amor é mais que o tempo. Excede a vida
e se completa em cada nova cena.
 
O amor não se esvai na despedida.
Gene latente, em formação serena,
no instante em que alguém lhe dá guarida,
vivê-lo um só instante vale a pena!
 
Não contes do amor o tempo havido,
Ele pode nascer sendo passado,
como pode existir sem ter nascido.
 
Contes, apenas, de um amor lembrado,
ou de um amor qualquer, quase esquecido,
o momento em que amou e foi amado.
 
JPessoa/PB
25.04.2016
oklima
 
 
Sou somente um escriba
que ouve a voz do vento
e  versa em versos  de amor...


odirmilanez.blogspot.com

Para ouvir a música, acesse:

http://www.oklima.net

A minha musa-sorriso, Ysolda Cabral



 
oklima
Enviado por oklima em 25/04/2016
Alterado em 25/04/2016

Música: SONHO DE AMOR, FRANZ LISZT - Desconhecido

Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários