oklima em verso e prosa
Contos e Versos
CapaCapa TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato
Textos

not-1538-20150906195417.jpg

(Imagem do Google)


BESTAS HUMANAS!
Odir Cunha
 
Ao gozo divinal de liberdade,(*)
milhões de seres singram seus destinos
por mares marginais à mortandade,
dos demônios fugindo aos desatinos.
 
Idosos, homens feitos, e meninos,
entregues às milícias da maldade!
Onde os anjos e santos, os divinos
mensageiros do amor, na eternidade?
 
Boçais bestas humanas ensanguentam
espaço, terra e mar. A fúria é tanta,
que as feras mais ferinas não aguentam!
 
Tamanha estupidez! Desgraça quanta
de islamitas malsãos, que violentam
as missões de Jesus na Terra Santa!
 
JPessoa/PB
05.11.2015
oklima
 

 
Sou somente um escriba
que ouve a voz do vento
e versa versos à vida...
 
odirmilanez.blogspot.com

Para ouvir a música, acesse:

http://www.oklima.net


(*) Verso composto pelo poeta patrício, Astenio Fernandes, membro da APL,constante de seu antológico soneto "Livre Arbítrio".
 

 
oklima
Enviado por oklima em 05/11/2015

Música: Raphael Rabello - Serenata de Schubert - Desconhecido

Copyright © 2015. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários