oklima em verso e prosa
Contos e Versos
CapaCapa TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato
Textos

jpg_20110215144714_89_gg.jpg
 
A CIGARRA E A FORMIGA
Odir Milanez
 


 
Num folhetim de feira eu li, que, um dia,
inverno rijo, de natura morta,
de uma formiga alguém batendo à porta
pede socorro, em meio à noite fria.



Era a cigarra, que depois sorria
quando a formiga lhe ofertava a horta:
- A sua horta agora não me importa.
Vim aqui dividir minha alegria.



- Cantava na boate por um prato,
quando o dono comigo fez contrato
pra cantar em Paris. Eu vou segunda!



E se vai. A formiga, em meio ao mato
cortado no verão, diz ao retrato
de La Fontaine: - Vá tomar na bunda!

 



JPessoa-PB
oklima



hr2.gif

Sou somente um escriba
que ouve a voz do vento
e versa versos de amor...
 
Obs:  Jean de La Fontaine, famoso fabulista francês (1621/1695), autor de "A Cigarra e a Formiga".


 


 

oklima
Enviado por oklima em 15/06/2012
Alterado em 16/06/2012
Copyright © 2012. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários